Aprenda como fazer ligações privadas no iPhone e ocultar o ID chamada

Assim como o Android, o iPhone também conta com a função de esconder o número de telefone. O recurso é útil caso o usuário queira fazer uma ligação sem se identificar. Após habilitado, quem estiver recebendo as suas ligações não conseguirá identificar o número que está ligado. Confira a dica e veja como habilitar o ‘modo anônimo’ no iOS.

Passo 1. Abra as configurações do iOS e toque sobre “Telefone”;

função 1
Passo 2. Em seguida, toque em “Mostrar Meu Número” e, por fim, desative a opção de mesmo nome.

função 2
Pronto! Com a opção desabilitada, seu número será ocultado e você não será identificado nas ligações.

Fonte: TT

Brinquedo icônico da Mattel vai virar óculos de realidade virtual

A partir de parceria com o Google, o View-Master ganhará novas funções de realidade aumentada por meio de smartphones Android.

view master mattel oculus rift realidade virtual

Se você já testou o Google Cardboard e tem mais de 30 anos, provavelmente reparou em algumas semelhanças com os antigos estereoscópios View-Master, lançados nos anos 1930. Agora, a Mattel está abraçando essa comparação com o seu próprio óculos de realidade virtual.

A partir do segundo semestre, a Mattel venderá uma versão de realidade virtual do View-Master usando o mesmo software que o Google Cardboard. Em vez de colocar slides em uma tela de plástico, você vai conectar um smartphone Android. E em vez de ver imagens estáticas, você vai usar aplicativos para explorar mundos virtuais.

A Mattel não está abanadonando totalmente o conceito de carretel dos slides. Eles estão apenas sendo reimaginados como portais de realidade aumentada. Coloque algumas lâminas na mesa, e elas projetarão mundos em miniatura quando visualizadas pela câmera do smartphone.

Girar as alavancas do View-Master enquanto olha para um carretel irá te levar direto para a cena, para que você tenha uma visão bem próxima de coisas como o sistema solar, a era dos dinossauros, e pontos turísticos de San Francisco.

A Mattel afirma que irá tentar criar novas lâminas usando algumas das filmagens antigas do View-Master, potencialmente oferecendo cenas de Star Wars, Star Trek, e shows antigos.

O novo View-Master custará 30 dólares, e incluirá um carretel de amostra, com pacotes adicionais com três de cada sendo vendidos por 15 dólares.

Extraído de idgnow.com.br

Conheça o computador wireless do tamanho de uma moeda

O Black Swift é um microcomputador wireless que está surpreendendo pelo seu tamanho, comparável ao de uma moeda. O dispositivo supera não só pelas suas dimensões, mas por apresentar Wi-Fi integrado e por rodar o sistema Linux. Alternativa ao Raspberry Pi, Ele está em fase de arrecadação no site de financiamento coletivo Kickstarter.

blackswift2

O dispositivo tem alto nível profissional incorporado, mas também é fácil aprender a usá-lo, permitindo que novatos o utilizem sem problemas. Ele roda Linux Open WRT, conta com 32 bits, Wi-Fi integrado, 802.11 b/g/n e USB 2.0, além de outras portas. Ele também pode ser programado para diversas línguas diferentes, de C/C ++ até PHP, Phyton, Perl, Bash, e há até mesmo uma porta Node.js.

O modelo foi criado por um grupo de engenheiros eletrônicos da Rússia, Nova Zelândia e Hong Kong, que estavam insatisfeitos com os microcomputadores existentes até então. De acordo com eles, até mesmo o Raspeberry Pi não era suficiente, pois, apesar de ser poderoso e acessível, é considerado grande para usar como o computador embutido que precisavam como engenheiros. Ainda, nenhum dos modelos já existentes tem placa Wi-Fi on-board, o que significa que é necessário usar uma externa.

blackswift

O Black Swift pode ser usado de diversas maneiras, mas existem três formas principais. No primeiro, “Standalone”, você conecta a energia de uma tomada USB e dispositivo USB aos outros, por meio do dispositivo. Já “Weekend Projects”, consiste em conectar ao microcomputador os periféricos que você precisa, como LED, botões e sensores, com um adaptador ou soldando os fios diretamente na placa. A última das formas principais, “Professional Electronics”, envolve criar uma placa-mãe com todos os periféricos que você precisa e monta-lá no Black Swift por solda e montagem com conector destacável.

O microcomputador está em fase de arrecadação no site de financiamento coletivo Kickstarter e já bateu a meta de U$ 25.000 (cerca de R$ 69.667,50 em conversão direta). O Black Swift é vendido a partir de U$ 19 (cerca de R$ 52,95) para o modelo mais simples, atá U$ 376 (cerca de R$ 1.047,80), para o kit com três modelos mais avançados, além de adaptadores e outras vantagens. O microcomputador será entregue a partir de junho e pode ser enviado para o Brasil.

Fonte: TT

Confira alguns dos clientes em destaque da Rian Design

Nós da Rian Design nos dedicamos ao #design desde 2009 e, desde então, conseguimos grandes parceiros, clientes e admiradores de nossa arte.

Ficamos muito felizes e honrados em ter grandes empresas, instituições e personalidades como clientes, que acreditam em nosso potencial. Em um mundo onde todos podem ter um computador e excelentes softwares em mãos, destacar-nos dentre tantos, é um privilégio.

Agradecemos muito a todos vocês que nos curtem e que estão sempre de olho em nossa arte.

Conheça o trabalho da agência Rian Design:
www.riandesign.com.br

email-para-proposta

Marcelo Serrado é o mais novo cliente da Rian Design

O ator Marcelo Serrado é o mais novo cliente da agência Rian Design. A agência está responsável pela criação de todo o material gráfico veiculado nas redes sociais do ator Marcelo Serrado.

marcelo serrado rian design 3

Marcelo Serrado é um dos atores em destaque na TV Globo, atuando em grandes novelas e peças teatrais.
Um dos personagens mais conhecidos é o Crô, personagem da novela “Fina Estampa”, da Rede Globo.

Página oficial no Facebook:
https://facebook.com/marceloserradooficial

Conheça o carregador que promete encher a carga do seu smartphone usando gás

O kraftwerk é um carregador que está fazendo um enorme sucesso em seu projeto de arrecadação no Kickstarter. Ele é um dispositivo portátil que recarrega iPhones e câmeras GoPro utilizando uma fonte curiosa: gás. O carregador já arrecadou quase US$ 1 milhão (R$ 2,7 mi) com mais de 7 mil apoiadores.

carregador

O acessório consegue dar 11 cargas no iPhone e pode ser carregado em somente três segundos. Ele funciona com gás tradicional, usado em acampamentos, ou até de isqueiros, por exemplo. Ele tem refil infinito de bateria e dará também uma independência de carga de “semanas” segundo os desenvolvedores.

O kraftwerk começou custando US$ 79 (R$ 215) para os primeiros doadores. Depois, subiu para US$ 99 (R$ 270), e agora custa US$ 139 (R$ 379). A diferença é que quem comprou nas duas primeiras levas vai recebê-lo até dezembro de 2015, enquanto nesta terceira ele só chegará em fevereiro de 2016. A entrega internacional está disponível.

A produção vai começar em março, os testes serão em agosto, um protótipo vai ser feito em novembro e, em dezembro, será realizada a produção em série para poder começar a enviá-lo. Quem ainda quiser comprar um, pode fazê-lo com uma doação no Kickstarter. O aparelho com certeza será lançado, pois alcançou quase o dobro de sua meta.

Como funciona
Ao contrário de baterias tradicionais, ele não precisa ser ligado a uma fonte de energia para recarregar. Ele te uma nova célula combustível, inventada pelos próprios desenvolvedores. Eles não dão muitos detalhes, mas afirmam que ela é “extremamente pequena, robusta e fácil de usar”.

carregador2

O que acontece, basicamente, é que a kraftwerk transforma gás em eletricidade diretamente. O usuário coloca o gás por um tanque integrado. Quando a bateria é necessária, o gás vai para a célula combustível e é convertido. Um plug tradicional 5V USB permite conectá-lo a qualquer aparelho. É muito simples, funcional e aparentemente eficiente. Mas será que é seguro? Isso só os seus muitos futuros usuários poderão nos responder.

Fonte: TT