Sócios da Rian Design são nomeados conselheiros no Conselho Municipal de Política Cultural de Três Rios

Os sócios Rian Dutra e Renato Corrêa estão presentes nas reuniões do Conselho Municipal de Política Cultural de Três Rios desde final de 2016, apresentando propostas tecnológicas e inovadoras para o cenário cultural do município, o qual tem a sede da Rian Design instalada.

logo-conselho-cultura-tres-rios

Pelo decreto nº 5.732 de 16 de março de 2017 o Prefeito Josimar Salles nomeou novos conselheiros para terminar o biênio 2015/2017. (…) Empresas e Produtores Culturais, Rian Dutra da Cunha – titular, Renato Gomes Corrêa – suplente (…).

Os conselheiros do CMPC são voluntários, portanto não recebem qualquer incentivo financeiro, tendo como principal objetivo fortalecer e fiscalizar a cultura no município.

Em 2016, a Rian Design criou, desenvolveu e doou o projeto “História em Mãos” para a cidade de Três Rios, o qual foi instalado em vários pontos da cidade, oferecendo aos moradores e visitantes uma oportunidade de ver fotos históricas e textos sobre importantes pontos de Três Rios. O projeto teve grande repercussão na mídia local. Para assistir à matéria da TV Globo (TV Rio Sul), acesse: https://goo.gl/rbyYVd

A empresa de Rian Dutra e Renato Corrêa criou a identidade visual do Conselho, assim também como já está desenvolvendo o site oficial, onde o CMPC poderá divulgar suas reuniões, notícias referentes ao cenário cultural do município, divulgar atas, entre outras utilidades públicas.

Conheça a Rian Design:
www.riandesign.com.br

TV 8K é testada; imagem é 16 vezes melhor do que em telas em HD

A tecnologia de 8K vem já vem sendo desenvolvida no Japão. Um consórcio das principais emissoras, fabricantes e firmas de comunicação do país começou a testar transmissões em Ultra HD no país. A empresa de comunicação NHK conseguiu criar uma tela que supera esta resolução e exibe imagens com até 16 vezes mais definição do que as Full HD.

Image

8K pode virar realidade em breve (Foto: Reprodução/BGR)

A ideia é deter uma excelência de 4K nos próximos dois anos, tornando-o o padrão mais utilizado no país, para que, a partir de 2016, comece a ser realizada a implantação do 8K. O planejamento inicial é de que esta altíssima qualidade seja utilizada nas transmissões dos Jogos Olímpicos de 2020, que serão realizados na cidade de Tóquio.

A venda de televisões 4K no país, no entanto, ainda não é das maiores. Os preços altos afastam muitos compradores, apesar de as grandes empresas, como Sony e Sharp, estarem focadas na popularização do formato. Segundo Katsuaki Watanabe, ex-presidente da Toyota e um dos líderes deste consórcio por trás dos testes com o Ultra HD, o momento é este.

“Vários países estão acelerando os testes e o lançamento de novos serviços usando estas tecnologias. A indústria japonesa tem que fazer o que puder para sobreviver neste ambiente severo”, avaliou.

Resta saber se o procedimento será o bastante. Mais do que o início de mais transmissões, o que os consumidores esperam mesmo é a diminuição dos preços de TVs com o 4K. Seja no Japão ou em qualquer outro lugar do mundo.

Extraído de techtudo.com.br

Menor desktop do mundo com Windows tem suporte para duas telas

Voltado para mercados emergentes, o Liva PC,  da ECS, foi apresentado na Computex como o menor computador com Windows do planeta. O dispositivo pesa menos de 200g, custa menos de US$ 200 (cerca de R$ 452), tem uma configuração razoável, mas ao contrário de outros mini PCs do mercado que já vem pronto para ser usado, ele vem em um kit para ser montado em casa.

Imagem

O PC vem equipado com um processador Intel Bay Trail-M, 2GB de RAM e 32GB de armazenamento por cartão eMMC. O dispositivo conta ainda com entrada de rede Gigabit, USB 3.0 e 2.0, Bluetooth 4.0 e Wi-Fi 802.11n, além de duas saídas de vídeo VGA e HDMI.

Ao todo o mini PC pesa 190g e mede apenas 118 x 70 x 56 mm. Inicialmente, o Liva só tem suporte para Windows 8.1, mas posteriormente poderá rodar Ubuntu e Windows 7.

Com essa configuração, é evidente que não há como rodar jogos e softwares pesados, mas o Liva PC pode ser uma alternativa de baixo custo para quem quer ter um centro multimídia com Windows conectado à TV da sala.

Ainda não há previsão de quando o dispositivo será comercializado ou se deverá vir para o Brasil.

Extraído de techtudo.com.br

Google Chromecast chega ao Brasil com Galinha Pintadinha por R$ 199

O Chromecast, aposta do Google para o mercado de streaming, finalmente chega ao Brasil. O aparelho, lançado em julho de 2013 nos Estados Unidos, desembarca nesta quarta-feira (4), no mercado brasileiro. Custando R$ 199, o dispositivo será vendido, inicialmente, apenas nas lojas online de Extra, Ponto Frio e Casas Bahia. E, como “garota propaganda”, o aparelho tem ninguém menos que a Galinha Pintadinha.

chromecast brasil

Chromecast chega ao Brasil tendo Galinha Pintadinha como garota propaganda (Foto: TechTudo/Fabricio Vitorino)

Segundo o Google Brasil, a chegada do gadget ao mercado nacional obedece ao plano da gigante de, cada vez mais, tratar o país como mercado “prime”. O aparelho fez enorme sucesso nos EUA, e durante muito tempo conseguir comprá-lo era tarefa complicada.

A grande vantagem do Chromecast é colocar na sua mão um controle remoto que você sabe utilizar e já está familiarizado com o ambiente e os comandos”, diz Newton Neto, gerente de parcerias do Google. Ele explica ainda que o celular atua meramente como um controle remoto. Quem processa e quem usa a conexão é o Chromecast, que roda uma versão do Chrome OS. “Para usar o aparelho, não há curva de aprendizado. Se você sabe usar o celular e o YouTube, sabe usar o Chromecast”, reforça Neto.

O Chromeast atua, basicamente, como  um set top box, ou aquelas caixinhas que recebem e tocam streaming. Sua configuração é rápida, e em mais ou menos cinco minutos ele está pronto e rodando, na sua TV, serviços como o Google Play Movies, YouTube, Netflix, Crackle, Rdio e muitos outros. Ainda segundo Newton Neto, a diferença entre o Chromecast e as plataformas das smart TVs é a simplicidade de uso.

Através de suporte e aplicativos, que podem ser instalados no navegador Chrome, o aparelho também pode exibir conteúdo de seu desktop, seja ele Windows ou Mac. Aliás, apesar de ser fabricado pelo Google, o aparelho também suporta normalmente iOS e, via aplicativo não oficial, o Windows Phone.

A configuração é feita via app. Quem não tem um device iOS ou Android, pode fazer a instalação via desktop. O dispositivo tem o tamanho de um pen drive e precisa apenas de uma porta HDMI comum para funcionar, além uma USB ou tomada para alimentação.

Na caixa, há ainda um extensor de HDMI para TVs que foram instaladas muito coladas à parede, e que tem também a capacidade de ampliar o sinal WiFi. Com o Chromecast, múltiplos devices emparelhados podem criar uma playlist colaborativa, com cada um sentado no sofa enfileirando seus videos favoritos, por exemplo.

chromecast brasil 2

Chromecast chega a lojas físicas dentro de algumas semanas (Foto: TechTudo/Fabricio Vitorino)

E, para chegar ao mercado nacional, o Chromecast foi “tropicalizado”, ganhando cara e conteúdo da brasileiríssima Galinha Pintadinha, que se tornou a garota propaganda do produto no Brasil. Para o lançamento, o Google planeja ainda uma ação em seus canais para promover conteúdo e aplicativos relacionados ao serviço.

Ainda segundo o Google, o produto deverá ser vendido em outras lojas – e não só as online – já nas próximas semanas. O aparelho, que é importado, chega custando pouco mais que o dobro do vendido no mercado americano, mas ainda é um dos dispositivos de streaming, com conteúdo associado, mais barato do Brasil.

Extraído de techtudo.com.br